in

Catarina Furtado arrasada após “cortar pontas espigadas” em apoio às mulheres iranianas

Catarina Furtado juntou-se ao movimento em solidariedade com as mulheres do Irão.

A apresentadora cortou o cabelo em forma de protesto face ao que se passa no Irão, onde, a 16 de setembro, uma jovem curda de 22 anos foi morta por usar de forma incorreta o véu islâmico.

Ainda que tenha sido com boas intenções, Catarina Furtado acabou por receber inúmeras criticas.

Criticam-na por ter cortado pouco cabelo, apenas as “pontas espigadas” e de ridicularizar o protesto.

Também Fernanda Serrano, Juliette Binoche, Isabelle Huppert e Marion Cotillard pegaram nas tesouras com o mesmo intuito. Mas, nas redes sociais, foi a iniciativa de Catarina Furtado a mais arrasada.

Cristiano Ronaldo volta aos golos, atinge marca impressionante e comemora de forma invulgar

Madonna assume que é gay em vídeo do TikTok