in

Companhia aérea acaba com uniformes por género

Reprodução das Redes Sociais

A companhia aérea Virgin Atlantic aboliu o uso obrigatório de saia e maquilhagem entre as assistentes de bordo e agora, para respeitar a identidade de género dos funcionários, decidiu deixar de classificar os uniformes por género.

Os tripulantes podem optar entre um blazer vermelho com saia ou calças ou por fatos bordeaux.

Para completar o visual, a tripulação vai utilizar “pins” com os pronomes pelos quais preferem ser tratados.

Papagaio invade missa e tenta beber vinho do Padre