Empresário de Guimarães aumenta salário mínimo a 600 colaboradores

Uma empresa de Moreira de Cónegos, Guimarães, liderada pelo empresário Joaquim Ferreira Almeida, decidiu aumentar todos os seus colaboradores que recebiam o salário mínimo em 40 euros, e cerca de 4,33 euros em subsídio de alimentação.

Criada em 1979, a Têxteis J.F. Almeida, S.A. é uma empresa de referência no setor têxtil para o lar.

“A JFAlmeida fará, em 2022, um aumento de 40€ para todos os colaboradores.
Salário mínimo nacional: 705,00 euros
Salário mínimo JFAlmeida: 740,00 euros
Acreditamos nas pessoas, nas nossas pessoas.
Por isso, fazemos um esforço em equipa para um futuro melhor.”, escreveu a empresa na sua página de Facebook.