in

Homem que diz ser filho do rei Carlos III e Camilla desvenda conteúdo da carta que escreveu a Isabel II

Simon Dorante-Day tem 56 anos e desde 2016 que tem tentado provar que é filho de Carlos III, o novo rei de Inglaterra, e Camilla Parker-Bowles, rainha consorte.

Simon voltou a reclamar a legitimidade ao título real, agora depois da morte de Isabel II.

Simon decidiu escrever uma carta à rainha onde exigiu a realização de um teste de paternidade.

Após o funeral histórico da monarca, a 19 de setembro, o homem acredita que “é hora de o mundo ler” a tal carta.

“Mantive o conteúdo da carta confidencial até agora, mas com a morta dela [Isabel II] acho que é apropriado partilhar a minha última correspondência”, avançou.

Na carta, explicou que se dirigia à rainha depois de ter exposto o caso à governadora de Queensland, na Austrália.

Simon afirmou ainda que a sua aparência sofreu alterações durante a infância, devido a procedimentos cirúrgicos. 

“Essas ações foram realizadas para ocultar a minha verdadeira identidade”, garantiu à  “7News”.

Quem revelou ao homem que Carlos e Camilla seriam os seus pais biológicos foi a avó adotiva, que trabalhou para a família real.

TGV. Viagem de Lisboa ao Porto vai demorar apenas 1 hora e 15 minutos

Em direto. Repórter é arrastado pelo vento à passagem do furacão Ian