Previu a morte da princesa Diana os ataques do 11 de setembro… e fez várias previsões assustadoras para 2022

A vidente cega búlgara conhecida por supostamente ter previsto a morte da princesa Diana, os ataques do 11 de setembro, o tsunami de 2004 na Ásia, o Brexit e a ascensão do auto-proclamado Estado Islâmico, morreu em 1996 mas deixou uma série de previsões para os anos seguintes.

Vangelia Gushterova, era também conhecida como ‘Baba Vanga’ ou ‘Nostradamus dos Balcãs’. A vidente prevê o aparecimento de uma nova pandemia em 2022. Desta vez, a descoberta de um novo vírus mortal acontecerá na Sibéria, conforme os escritos deixados por ela.

Uma das previsões mais assustadoras é a de que um asteróide conhecido como ‘Oumuamua’ será enviado por alienígenas em busca de vida na Terra e as criaturas “poderão fazer prisioneiros”, conta o jornal britânico Metro.

Haverá ainda uma crise hídrica e várias cidades em todo o mundo irão sofrer com a escassez de água potável. A poluição nos rios irá aumentar e tal como previra para 2004 nos países asiáticos, um tsunami irá assolar a Ásia e a Austrália.

Em 2021, Baba Vanga previu uma atividade sísmica e vulcânica significativa, além de inundações e tempestades. De acordo com a imprensa internacional, a vidente tem cerca de 85% de precisão nas suas previsões.